Sabia que ...

Sabia que ...


Em princípio da década de 1990 Tom Walkinshaw tinha construído os TWR Jaguar XJR14 para o campeonato IMSA, construído com um chassis de Kevlar e fibra de carbono e com um fundo plano muito competitivo.
No entanto a Porsche tinha desistido do seu projecto WSC devido à alteração regulamentar, no entanto haviam fortes possibilidades de um dos dois Porsche oficiais (com o nome de código WSC95/001 e WSC95/002) apresentados nos ensaios de Daytona fosse na realidade um Jaguar XJR14. A «barqueta» WSC95/002 era na realidade o Jaguar XJR14/691, transformado em Dezembro de 1994 pela TWR.

Recuperando-o para si, a equipa a Joest Racing inscreveu TWR Porsche na competição WSC. A associação do chassis TWR da Jaguar com o motor Porsche iria revelar-se explosiva. No entanto os chassis entregues à Joest eram completamente novos e nunca tinham sido montados num XJR14, aliás, tinham sido numerados como #001 e #002 e utilizados em 1996.

Estes chassis não ficaram como a fábrica os abandonara, sob a direcção de Norbert Singer, uma equipa de oito pessoas modificaram-lhes bastante a aerodinâmica. O fundo plano foi fraccionado em várias partes desmontáveis e encaixaram-nas de modo a baixar os tempos de intervenção nos elementos mais solicitados em provas de resistência.



Facebook