Declarações

Declarações

 1990  1992 

Pierre Dieudonne
Muito disso foi devido ao senhor Ohashi, que sabia trabalhar com os funcionários. Mas o maior factor decisivo foi que os outros fabricantes não nos consideraram uma ameaça genuína. Não estávamos no radar deles.

Bertrand Gachot
Ficamos um pouco surpresos com o quão forte nós estávamos em toda a corrida. Mas o pessoal da Mazda sempre acreditaram que tínhamos uma boa chance este ano, o carro estava extremamente bom. O motor confiável e eficiente. Os meus companheiros de equipa estavam fantásticos, estávamos constantemente a 100 por cento, Johnny, Volker e eu conduzimos como se fosse um Grande Prêmio.

Takayoshi Ohashi
Trabalhámos para a vitória, mas não acreditávamos que isso acontecesse. Isso é algo inesperado. Foi a última corrida para o motor Wankel em Le Mans - mas tentamos não pensar nisso, queríamos evitar qualquer pressão extra.

Facebook