Declarações

Declarações

 2015  2017 

Pedro Lamy
Numa prova como Le Mans o mais importante é a fiabilidade do carro e nesse campo julgo estarmos bem preparados. Apesar de ser uma prova de resistência, andamos praticamente sempre no limite como que se tratasse de uma corrida de “sprint”, mas com 24 horas de duração. É necessário uma boa estratégia, gestão e coordenação entre toda a equipa de forma a estar ao mais alto nível ao longo de toda a prova.
Os nossos adversários têm estado muito fortes desde o início da época e será certamente uma corrida muito disputada e difícil. Teremos que ter um carro rápido e ao mesmo tempo fiável e tentar não ter qualquer problema se quisermos alcançar os nossos objetivos. A equipa está toda muito motivada pelo que daremos o máximo para lutar por uma boa classificação final.

Filipe Albuquerque
Não foi um dia feliz, mas ainda bem que aconteceu em teste e não em prova propriamente dita. Tivemos um problema no carro que só descobrimos mais tarde do que se tratava, fazendo-nos perder muito tempo na boxe. Não rodámos o que queriamos, nem trabalhámos na afinação como planeado. Vamos ter de fazer tudo isto em situação de corrida. Mas sabemos que temos uma boa base e que o Ligier é competitivo. Vamos ter de ser rápidos a encontrar o acerto para não ficarmos em desvantagem. Mas estou opimista e ciente que temos condições para vencer e continuar na liderança do campeonato.
AutoSport (Portugal)

Mark Webber
É a luz+ O pôr-do-sol e o seu nascimento. O desafio "Homem vs Máquina". O drama do cansaço, da privação do sono. O trabalho de equipa. E o perigo inerente.
AutoSport (Portugal)
Sobre Le Mans em si

Facebook