Resumo da corrida

Resumo da corrida

 1999  2001 

Com o seu pódio de 1999, a Audi surgiu como a grande favorita. Não se tratou de uma simples vitória, mas de um verdadeiro triunfo para a firma de Ingolstadt que colocou três carros no pódio, com o quarto concorrente atrasado em cerca de 300 km!
 

Se os pilotos dos carros dos anéis estavam encantados com a estabilidade do R8, muitos queixavam-se da sua velocidade de ponta. Para temperar estes queixumes, Stéphane Ortelli declarava abertamente: «É o melhor carro que pilotei em Le Mans.» É verdade que o Lola-Judd do team Rafanelli ou os Panoz eram muito rápidos, mas muitos pensavam que seria realmente muito difícil bater a Audi neste último ano do segundo milénio. Do lado da Pescarolo, que inscreveu um Courage C52 com um trio de franceses do qual fazia parte Sébastien Bourdais, um jovem em plena ascensão, o optimismo apontava para um lugar entre os cinco primeiros. Os ensaios confirmaram a supremacia dos Audi com dois a correr com menos de 3'37". Debaixo da bandeira tricolor agitada por Jacky lckx, os três Audi assumiram o comando da corrida seguidos por David Brabham que parecia o único a não querer deixá-los distanciar-se ao volante do seu Panoz n.º 11. Chegou mesmo a seguir em primeiro favorecido pela saída do pace-car que tinha entrado na pista depois do incêndio do Cadillac n.º 4. Mas os três carros do team Audi Sport não tardaram em acertar os ponteiros travando uma batalha encarniçada para conservar a liderança. Depois de uma segunda saída do pace-car às 18h45m, Tom Kristensen foi vítimado por urn furo lento, para satisfação do Panoz n.º 11 que aproveitou para recuperar a terceira posiçao. A equipa alemã põs à mostra todo o seu know-how e a eïlcácia do seu departarnento de estudos quando McNish entrou na sua box cerca das 23 horas Voltou a sair passados seis rninutos e quarenta segundos, depois de os mecânicos lhe trocarem o trern traseiro, a caìxa e os discos dos travões dianteiros. É preciso arte! Depois de urn ccomeço de conida pouco decidido, o Courage do team Pescarolo subiu progressivamente do décimo segundo para o sétimo lugar. :De manhãzinha, foì pontuado na quinta posìção e terminou encostado ao pódio. Apesar de alguns pequenos ìncidentes (furo do n.º 8, mudança do dÌfusor do n.º 9), a Audi conseguìu urn avanço confortável e o Panoz n.º 11 perdeu vinte mìnutos a trocar a caixa de velocidades. O ano de 2000 flcou marcado por uma série de vitórias da Audi que, ressalvando o interregno da Bentley e do Speed 8, que não era mais que o ìrmão gémeo do R8, continua hoje a monopolizar o primeiro lugar do pódio das 24 Horas de Le Mans.

Lendas de Le Mans
Planeta de Agostini
Facebook